Artigo, Nutrição Funcional, Opinião

Ansiedade x Alimentação

17/02/2016

A ansiedade gera inúmeras sensações estranhas que podem prejudicar a conquista ou manutenção de hábitos saudáveis. Nos dias de hoje é quase impossível deixar de sentir ansiedade, porém é possível aprender a lidar e minimizar as consequências. Vamos à parte que me cabe:

  • Troque o “fazer dieta” por orientação nutricional personalizada, equilibrada e saborosa!
  • Não tente mudar o processo pulando as refeições ou fazendo jejum para ter resultados mais rápidos, pois a ansiedade vai só aumentar.
  • Para reduzir a ansiedade diante de situações novas e imprevistas, planeje as refeições, incluindo os horários e tenha sempre algo prático e saudável por perto.
  • Aceite a fome tranquilamente, como uma sensação saudável que será satisfeita com a refeição planejada. Saboreie os alimentos, pausando entre as garfadas, mastigue bem, preste atenção na sensação de saciedade.
  • Cuidado com “alimentos proibidos”, eles geram muita ansiedade e representam uma tentação; depois geram culpa e sensação de que tudo foi por água abaixo. Segredo: não tranque a boca, mas abra-a com responsabilidade.
  • Aceite os “furos”, encare-os com serenidade. Errou? Corrige! Falhas ocorrem e devem ser encaradas como boas oportunidades para aprendizagem.
  • Inclua prazer no estilo de vida! É preciso ter prazer com a comida, uma refeição ruim e monótona leva ao desânimo. Mas só pra lembrar: prazer não é quantidade e sim qualidade!
  • Cuidado com a neura na balança. Checar o peso a toda hora pode gerar grande frustração. A flutuação de peso, mal interpretada (olhar só para o peso, sem saber o que acontece nos compartimentos corporais – água, gordura, músculo), pode realmente ser angustiante.

Viva o dia de hoje, ontem já foi e amanhã ainda não veio. Valorize o que faz, não dê importância demasiada ao que não fez ou deveria ser feito!

Estabeleça metas viáveis e não descabidas, fonte de frustração. Gratifique-se a cada meta conquistada!

Comentários

Você também pode Gostar:


No Comments2

Leave a Reply